Consulta optante Simples- Online

      Nenhum comentário em Consulta optante Simples- Online

Muitas pessoas ainda não sabem o que é o simples nacional e nem como fazer a consulta dele, se esse for seu caso, você está no lugar certo. O simples nacional é o regime tributário simplificado, que possui algumas diferenças, porém ele possui arrecadação, cobrança e fiscalização de tributos aplicáveis as microempresas e as empresas de pequeno porte.

Com isto ele abrange a participação de todos os federados (como União, Estados, Distrito Federal e Municípios) e atualmente é administrado pelo Comitê Gestor. O Comitê Gestor apresenta oito integrantes: quatro da Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB), dois dos Estados e do Distrito Federal e dois dos Municípios.

Para aquelas pessoas que desejam ingressar no Simples Nacional é necessário fazer o cumprimento de algumas condições, veja alguns exemplos:
Formalizar a opção pelo Simples Nacional
Se enquadrar-se na definição de microempresa ou de empresa de pequeno porte
Cumprir os requisitos previstos na legislação
Além disso, o regime do Simples Nacional apresenta algumas características, como: ser facultativo, er irretratável para todo o ano-calendário.

Abrange os seguintes tributos: IRPJ, CSLL, PIS/Pasep, Cofins, IPI, ICMS, ISS e a Contribuição para a Seguridade Social destinada à Previdência Social a cargo da pessoa jurídica (CPP);
recolhimento dos tributos abrangidos mediante documento único de arrecadação – DAS;
Disponibilização às ME/EPP de sistema eletrônico para a realização do cálculo do valor mensal devido, geração do DAS e, a partir de janeiro de 2012, para constituição do crédito tributário
Apresentação de declaração única e simplificada de informações socioeconômicas e fiscais
Prazo para recolhimento do DAS até o dia 20 do mês subsequente àquele em que houver sido auferida a receita bruta
possibilidade de os Estados adotarem sublimites para EPP em função da respectiva participação no PIB. Os estabelecimentos localizados nesses Estados cuja receita bruta total extrapolar o respectivo sublimite deverá recolher o ICMS e o ISS diretamente ao Estado ou ao Município.

 

Para fazer a consulta é bem simples, confira o nosso passo a passo:
1º passo: acesse o site da Receita Federal através do link http://www8.receita.fazenda.gov.br/ SIMPLESNACIONAL/Servicos/Grupo.aspx?grp=9
2º passo: clique na opção “Consulta Optantes”
3º passo: digite o número do CNPJ que se deseja consultar e depois os caracteres
4º passo: clique em consultar
5º passo: imprima ou salve em se computador a pesquisa

É importante informar que para a  pessoa ingressar pela opção Simples Nacional é preciso que ela faça o agendamento da opção pelo Simples Nacional é para o ano subsequente, antecipando as verificações de pendências impeditivas ao ingresso no Regime. Apesar de não ser obrigatório ele facilita o processo de ingresso no Regime. Não deixe para depois o que você pode fazer agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *