Lixo Reciclável e não Reciclável

      Nenhum comentário em Lixo Reciclável e não Reciclável

Você já sabe a diferença entre lixo reciclável e não reciclável? Esse assunto é bastante discutido nos dias atuais, mas, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre esse tema.

Os materiais recicláveis são aqueles que, após serem utilizados, eles podem ser reaproveitados. Já os materiais não recicláveis, são aqueles que não têm condições de ser reaproveitado.

Da mesma forma acontece com os lixos. Existem lixos que são considerados recicláveis e outros não recicláveis.

A fim de facilitar o processo de reciclagem, vários programas são criados para conscientizar as donas de casa para fazer a separação correta desses lixos. A coleta seletiva de lixo é um processo no qual os materiais que são recicláveis são separados dos lixos não recicláveis (estes também chamados de lixos orgânicos).

Na coletiva seletiva, os lixos recicláveis são separados em papéis, plásticos, metais e vidros. Cada um desses materiais possui uma cor representativa dentro do sistema de coleta: Papéis (azul), plásticos (vermelho), metais (amarelo) e vidros (verde).  Já os lixos orgânicos são representados pela cor marrom e não recicláveis pela cor cinza. Ainda de acordo com o processo da coleta seletiva, há alguns objetos que possuem um descarte apropriado como as pilhas, baterias, lâmpadas, medicamentos, entre outros.

Quer saber com mais detalhes quais lixos/materiais são recicláveis e quais não são? Confira na tabela abaixo.

Recicláveis

Papel Plástico Metal

Vidro

– Papéis comuns como papel de caderno, de livros, de escritórios;

– Todos os tipos de papéis impressos como jornais e revistas;

– Papéis utilizados como embalagem;

– Papel higiênico, papel toalha, lenços de papel, guardanapos;

– Papel cartão, cartolina, papelão, papel de desenho, papel heliográfico, e outros papéis especiais.

– Todos os tipos de embalagem de plástico: embalagem de xampu, de creme, de comidas industrializadas;

– garrafas pet;

– Sacolas de plástico;

– Todos os tipos de utensílios plásticos como canetas, copos, colheres, vasilhas, baldes, escova de dente, etc.

 

– Ferragens;

– latas (de óleo, creme de leite, sardinha, atum, extrato);

– latas de alumínio como latas de refrigerante;

– Panela (sem o cabo);

– Arames;

– Fio de cobre.

– Garrafas de vidro;

– Frascos e potes de vidro em geral;

– Cacos de qualquer produto de vidro.

 
Não recicláveis

Papel

Plástico Metal

Vidro

– Fotografias;

– Adesivos;

– Papéis com parafinas ou siliconados;

– Papel sanitário usado;

– Papel vegetal;

– Papel celofane;

– Papéis de extrato bancário.

– Embalagens plásticas que são metalizadas;

– Acrílicos;

– Plásticos termofixos.

– Esponja de aço;

– Latas de tinta, verniz e de aerosol.

– Lâmpadas;

– Espelhos;

– Vidros de janelas e de automóveis;

– Qualquer tipo de vidro temperado;

– Cristal;

– Ampolas usadas em medicamentos.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *